Resenha: Esperança – Suzanne Collins

/Editora Rocco/Resenhas/

A-esperança-suzanne-collins-estante-dos-sonhosEditora: Rocco
Autor: Suzanne Collins
ISBN: 9788579800863
Edição: 1
Número de páginas: 421
Acabamento: Brochura
Classificação EDS:  90 de 100 pontos

O volume final da trilogia “Jogos Vorazes”, de Suzanne Collins, é exatamente o livro pelo qual os fãs esperavam: complexo, imaginativo e, ao mesmo tempo, brutal e humano. Depois de sobreviver aos jogos por duas vezes, Katniss Everdeen tentará se encontrar no papel de símbolo de uma revolução, enquanto luta para proteger sua mãe e sua irmã no meio de uma guerra. A série, com mais de quatro milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos, é o mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos, e mistura ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia com muita ação e aventura.

Minhas impressões

Enfim o último livro da série. Confesso que estava enrolando pra ler este livro, justamente por ser o último e rolar todo aquele sentimento de que acabou, mas vamos lá. Tem um pouquinho de spoiler abaixo ok?

Já era esperado que o livro fosse muito movimentado devido os acontecimentos do Em Chamas. A surpresa maior foi a descoberta do distrito 13 e a partir dessa descoberta se desenrola todo um esquema rebelde para acabar com a soberania da capital sobre os distritos. Katniss ainda ferida se vê no meio de toda essa trama com o papel mais importante, unir o povo.

É sabido pelos leitores o péssimo jeito que ela tem com as pessoas. Ela é egoísta e tem um instinto de sobrevivência maior que qualquer outro sentimento que tenha, porém algo que ela esbanja é espontaneidade, e por mais que eu tenha raiva dela, heroísmo. Heroísmo esse que garante o sucesso na missão dela, mas não se engane, existem diversas reviravoltas no livro.

– Que você o quê?
– Que eu soube que tinha julgado você de maneira equivocada. Que você realmente o ama. Não estou dizendo de que modo isso acontece. De repente nem voc~e mesma sabe. Mas qualquer pessoa que preste atenção consegue ver o quanto você gosta dele – diz Finnick com delicadeza…

O livro é bom, fecha completamente a história sem deixar pontos em aberto, (sempre existe um porém) porém, confesso que fiquei extremamente irritado com a Katniss e seu egoísmo diante do Peeta, que mesmo sofrendo tortura consegue demonstrar o amor que sente por ela. Tem partes no livro que a surpresa é tanta que você prende a respiração, ou larga o livro pra ler mais tarde…

– Eu não suporto, Katniss! Eu obviamente não suporto. Eu me arrasto dos pesadelos todas as manhãs e descubro que não há nenhum alívio em estar acordado…

– Você ainda está tentando me proteger. Verdadeiro ou falso? – sussurra ele.
– Verdadeiro – respondo. A resposta parece requerer mais explicações. – Porque isso é o que você e eu fazemos. Protegemos um ao outro. – Depois de mais ou menos um minuto, ele cai no sono…

Bom. O livro tem a mesma qualidade dos outros dois, porém como “crítico”, assumo que não gostei totalmente do livro. Ficou devendo muito na parte do romance entre Katniss e Peeta. O romance deles se limita somente a um “- Verdadeiro”. Recomendo a leitura, afinal precisamos abrir mão e aceitar que acabou =/. Que venham os filmes o/

Resenha: Em chamas – Suzanne Collins

/Editora Rocco/Resenhas/

Editora: Editora Rocco
Autor: Suzanne Collins
ISBN: 9788579800641
Edição: 1
Número de páginas: 416
Acabamento: Brochura
Classificação EDS:  100 de 100 pontos

Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos – incluindo o próprio Peeta – acreditarem que são um casal apaixonado.
A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos – transformados em verdadeiros ídolos nacionais – podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Minhas impressões

Li esse livro tão ansiosamente que acabei esquecendo de fazer resenha =/

Eu posso começar falando desse livro falando que eu tomei um susto. Entre os três livros, posso falar que esse foi o preferido. Claro que, o primeiro da série foi uma surpresa com toda a história sobre os jogos vorazes, Capital, distritos, etc. Porém nesse segundo livro, toda a expectativa que você tinha do primeiro livro pra saber o que aconteceria depois dos jogos, sofre uma reviravolta imensa.

Obrigados a viajar por todos os distritos para demonstrar “a vitória” da Capital no fim dos jogos, estranhas demonstrações públicas são feitas por onde Katniss e Peeta passam, gerando a desconfiança do presidente Snow.

Ainda sem saber bem o que acontece entre ela e Peeta, os dois seguem encenando um romance dia as televisões, mas mal eles sabem o que está por vir.

Enfim. Pra evitar ficar dando spoiler, o livro é eletrizante como o primeiro. Arrisco dizer que é mais “desesperador”, tanto que li em um dia e meio. Recomendo a compra com certeza =)!