Resenha: A conspiração – Clive Cussler

/Editora Novo Conceito/Resenhas/

Editora: Novo Conceito
Autor: Clive Cussler
ISBN: 9788581631974
Edição: 1
Número de páginas: 544
Acabamento: Brochura
Compre: Amazon
Classificação EDS:  100 de 100 pontos

Uma embarcação romana naufraga no século IV. Durante a Primeira Guerra Mundial, um navio inglês é destruído por uma bomba. Atualmente, no Oriente Médio, ícones da fé islâmica são bombardeados. E um misterioso pergaminho relacionado à vida particular de Jesus pode limitar o poder da Igreja Católica. Como eventos e fatos tão distantes podem ter alguma relação? O engenheiro naval Dirk Pitt (Diretor da NUMA – Agência Nacional Marítima e Subaquática) está acostumado a explorações subaquáticas — e a revelar mistérios indecifráveis — e parece ser a pessoa mais indicada para trazer a público o elo entre esses episódios tão incompatíveis. Mas a que custo? Uma aventura que mistura ficção e realidade em uma criação cheia de surpresas e mistério. Acompanhe o incansável herói Dirk Pitt em uma história em que arrepiantes artefatos religiosos, a CIA e o Mossad misturam-se às mais magníficas construções da arquitetura medieval.

Minhas impressões

Esse livro foi difícil! Difícil de largar! =p Depois de algumas páginas eu tive que me forçar a largar o livro pra poder ir dormir. Eu já havia lido outro livro deste autor e a sensação foi a mesma, logo já dá pra ver que o autor é realmente bom.

A conspiração começa com um suspense simples que já prende sua atenção, um naufrágio da época otomona é encontrada por Dirk. Pra quem curte história/arqueologia já fica louco pra descobrir do que se trata, mas a trama vai se tornando cada vez mais densa e você entra naquela de “vou ler só mais uma página”. Nessa de mais uma página, foram 300 e poucas num dia rs.

Como falei acima, a trama vai ficando mais densa quando entram outros personagens na história, em locais diferentes, com situações diferentes. Quando o autor começou a inserir novos personagens fiquei com medo de que a trama se tornasse complexa demais, ou então que ele não conseguisse fechar todos os pontos. Ainda bem que eu estava enganado.

Na história, somos levados para Istambul, Israel, Inglaterra e outros lugares, com acontecimentos aparentemente desconexos e que no final das contas vão se interligando. A capacidade do autor de integrar todas as histórias em uma só, foi surpreendente. No final de tudo você percebe que nada na história foi irrelevante. Outro detalhe muito bom são os detalhes do mundo náutico e histórico, uma vez que o autor na vida real trabalha com isso.

Enfim, mais um livro desse autor lido e que ratifica a qualidade do que ele escreve. Se você quer ler um livro antes desse final de ano, recomendo esse. Em 3 dias você termina ele fácil rs. Você vai sentir aquela vontade de não largar de jeito nenhum o livro enquanto não terminar. A quantidade de páginas pode assustar os desacostumados, mas essas páginas passam mais rápido que um livro de 200 páginas. Me contem o que acharam depois =)

Até e caso não nos falemos, feliz ano novo!

Compartilhe este link para ganhar pontos