Resenha: O menino da mala – Lene Kaaberbol & Agnete Friis

/Editora Arqueiro/Resenhas/

Editora: Arqueiro
Autor: Lene Kaaberbol & Agnete Friis
ISBN: 9788580411836
Edição: 1
Número de páginas: 256
Acabamento: Brochura
Compre: Amazon
Classificação EDS:  100 de 100 pontos

“Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance.”
Mesmo sem entender o que sua amiga Karin quer dizer com isso, Nina atende seu pedido e vai até a estação ferroviária de Copenhague buscar uma mala no guarda-volumes. Dentro, encontra um menino de 3 anos nu e dopado, mas vivo.
Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto.

Minhas impressões

Estava na Bienal de São Paulo com duas amigas minhas quando vimos esse livro e lemos na capa o seguinte: “O que você faria se encontrasse dentro de uma mala um menino de 3 anos, nu e dopado, mas vivo?” Os três se arrepiaram e obviamente eu precisava comprar esse livro. Voltei pra casa lendo-o.

A trama do livro no início parece bem confusa, porém ela foi bem escrita. As autoras inseriram simultaneamente vários personagens e vão alternando entre eles, tornando a história bem dinâmica.

O fato de se passar em lugares pouco vistos em livros como a Dinamarca e a Lituânia, traz mais um ponto positivo para as autoras. O romance policial no final das contas acaba parecendo uma história verídica. É possível perceber a diferença na personalidade de cada personagem, o que deve ter sido bem complicado de escrever. Creio que o fato de uma delas ser jornalista tenha agregado muito ao livro.

Algo que gosto muito num livro, como já comentei em outras resenhas, é quando o mesmo me surpreende. Em certo ponto do livro eu achei que já tinha desvendado toda a trama, até que algo novo foi adicionado e a história ganhou um pouco mais de suspense.

Enfim, no final o que parecia bagunçado, se junta e você vê a sinergia entre os personagens e vê que as autoras foram bem sucedidas. Pra quem curte um romance policial, com um toque (grande) de suspense, recomendo. O livro foi um excelente achado e entrou pra lista de favoritos na minha estante =]

Até a próxima 😉

Compartilhe este link para ganhar pontos