Resenha: O Vampiro Lestat – Anne Rice

/Editora Rocco/Resenhas/

Editora: Rocco
Autor: Anne Rice
ISBN: 9788532509765
Edição: 1
Número de páginas: 468
Acabamento: Brochura
Classificação EDS:  100 de 100 pontos
Compre: Amazon

Desperto nos anos 80, depois de passar meio século em hibernação, Lestat se aborrece ao passar por uma livraria e encontrar “Entrevista com o Vampiro” à venda. Ele quebra o código de silêncio dos vampiros ao escrever a sua história e se transformar numa estrela do rock, enfeitiçando milhares de fãs. Narrado em forma de autobiografia, o romance acompanha o vampiro através dos séculos enquanto ele busca sua origem e um significado para sua existência.

Minhas impressões:

Havia acabado de ler o livro Memnoch (que é excepcional) e fiquei intrigado. Em Entrevista com Vampiro, Louis de Pointe du Lac descreve Lestat como um vampiro desprezível, amargurado e mesquinho, porém em Memnoch Lestat se mostra um vampiro apaixonado e impulsivo. Desde então fiquei curioso para ler O Vampiro Lestat.

O Vampiro Lestat se inicia nos anos 80, com Lestat despertando de um sono profundo, motivado por um rock que vinha de garagem vizinha. Confesso que o início do livro não é muito chamativo, porém Lestat inicia sua autobiografia contando sua história desde mortal. Sendo o mais novo de sete filhos de uma família aristocrata na beira da miséria absoluta. Sempre impulsivo ele é chamado para matar uma alcateia de lobos que assombra a vila. Vitorioso ele é cortejado por todos da vila e acaba conhecendo o filho de um comerciante, Nicolas, um violinista.

Resenha: A História do Ladrão de Corpos – Anne Rice

/Editora Rocco/Resenhas/

Editora: Rocco
Autor: Anne Rice
ISBN: 9788532504319
Edição: 1
Número de páginas: 467
Acabamento: Brochura
Classificação EDS: 100 de 100 pontos
Compre: Amazon

Lestat. Herói-vampiro, encantador, sedutor de todos os mortais. Através dos séculos ele foi cortejado como príncipe no reino das trevas onde vagueiam os mortos. Agora ele está diante de uma proposta que mudar tudo. Reglan James, um desconhecido quer trocar seu corpo com o do poderoso bebedor de sangue. É sua oportunidade de sentir o poder de um vampiro. É a oportunidade de Lestat sentir as sensações de um mortal

Não conseguiria dormir sem antes fazer essa resenha. Mais um livro das Crônicas Vampirescas da Anne Rice.

– Oh. Todos os outros invejam meu gênio forte, minha impetuosidade, minha força de vontade! Adoram isso. Mas quando demonstro fraqueza, me abandonam. Louis me abandonou. – Pensei então na rejeição de Louis e, com uma satisfação maldosa, pensei que em breve eu o veria outra vez. Ah ele ia ficar surpreso. Então senti um pouco de medo. Como eu poderia perdoar-lhe? Como me controlar para não explodir numa chama destruidora?…

Tenho lido os Livros da Anne Rice de forma desordenada propositalmente. Havia acabado de ler O Vampiro Lestat (resenha aqui) e fui com toda a sede para ler o Ladrão de Corpos. Confesso que no início o livro é enfadonho, com uma narrativa um pouco pesada e mais culta. Mas alguns capítulos essa história muda.