Resenha: Johnny Depp – Danny White

/Editora Best Seller/Resenhas/

johnny-depp-biografia-estante-dos-sonhosEditora: Best Seller
Autor: Danny White
ISBN: 9788576845683
Edição: 1
Número de páginas: 224
Acabamento: Brochura
Classificação EDS:  100 de 100 pontos

Com charme e excentricidade, Johnny Depp se tornou um dos maiores nomes de Hollywood, em uma carreira consagrada por sucessos cinematográficos de público e crítica, como Piratas do Caribe e Alice no País das Maravilhas. A beleza e o estilo exótico lhe proporcionaram um grande número de fãs em todo o mundo e uma badalada vida pessoal. Nesta biografia, Danny White conta toda a trajetória do ator desde a juventude turbulenta, marcada por drogas e rock´n´roll, o início da carreira, a vida amorosa e os acontecimentos que tornaram Johnny Depp um dos maiores ícones do cinema da atualidade.

Minhas impressões

A biografia feita por Danny White, traz a vida de Johnny Depp de forma bem clara para seus fãs e aqueles que desejam conhecer mais o astro. Sem buscar um lado, o autor se mostra bem imparcial e deixa em evidência tanto as coisas boas do ator quanto os defeitos que ele possui e que o atormentou durante sua carreira.

Apaixonado pela música, Depp se viu de frente a uma oportunidade que lhe “caiu do céu” a de se tornar ator. Mesmo não gostando da ideia de largar a música, sua primeira paixão, Depp viu que a carreira de ator lhe pagaria muito bem e assim ele poderia voltar logo para sua vida musical. Graças a Deus não foi o que aconteceu. Mesmo atuando, fez participações em algumas bandas além de ter as suas, mas foi como ator que ele ficou conhecido e demonstrou todo seu potencial.

O livro traz em suas páginas comentários feitos pelo próprio ator, o que dá veracidade às palavras do autor e deixa que o próprio leitor interprete o assunto abordado.

Família, fama, carreira, amores. Tudo isso você encontra no livro.

Confesso que desde os primeiros filmes que vi do Depp, já passei a gostar do ator, mas foi depois de Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet que passei definitivamente a escalar Depp como um dos melhores atores que já existiu (tome nota que nesse meu time tem, Marlon Brando, Al Pacino, Robert Deniro, Bruce Willis, River Phoenix, Helena Bonham Carter e Anna Sophia Robb, tem mais alguns, mas a memória falha).

Em Edward Mãos de Tesoura eu era muito pequeno pra entender, mas no filme Sweeney Todd, foi que vi como Depp era capaz de mudar seus personagens. Portanto, voltando ao livro.

É engraçado você ler sobre algum ator/atriz e ver que ele também é um ser humano, pode parecer besta essa sensação, mas sei que acontece. É justamente isso que a biografia passa, um ser humano com emoções iguais às nossas.

Outra garota partiu o coração do menino… Depp acha que foi ele quem riu por último. Quando estava no oitavo ano, desenvolveu o que chama de ‘a paixão mais intensa’ por uma das garotas mais populares da escola… eles ficaram em uma festa e seu sonho se transformou em realidade. Entretanto, ela acabou largando-o para ficar com ‘o cara do futebol’. Depp ficou arrasado, mas sorriu anos depois, quando a encontrou em um clube noturno, gorda depois de ter 4 filhos. ‘Que vingança mais apropriada por ter partido meu coração…’ disse ele

Isso mostra quão simples é a vida do ator, passando por mesmos sentimentos que nós às vezes achamos banais.

Por mais badalada que seja sua vida nos cinemas, Depp sempre tentou fugir do apelo sexual que a impressa impetrava em sua imagem e por muitas vezes ele se via jogado em situações que não competia a ele resolver.

Eu só queria deixar bem claro que não fico por aí salvando a vida de ninguém só porque sou Johnny Depp, Não é assim que acontece na vida real…

É possível ver através do livros a sensibilidade e excentricidade do ator tanto dentro como fora do cinema. Sua luta por manter uma família, a vida de devoção aos filhos, o lado social preocupado com o outro.

Enfim, o livro como já disse anteriormente mostra um lado do ator, do homem que por vezes não conhecemos, pois a mídia é imparcial. Conhecemos o lado humano do ator. O livro é só uma reafirmação da pessoa que Johnny Depp é nas telas e na vida real. Recomendo!