Resenha: Os Cinco do Ciclo – Elias Flamel

/Resenhas/

Editora: Publicação própria
Autor: Elias Flamel
ASIN: B075GZJBLR
Edição: 1
Número de páginas: 556
Acabamento: Ebook
Classificação EDS: 80 de 100 pontos
Compre: Amazon

Yosef de Keltoi. Presenteado na infância, por uma de suas mães, com um tesouro de muitas páginas. Cresceu com pouco, encontrou o seu amor e ao lado dela teve que instigar uma revolução entre trabalhadores do campo. Sua vitória não foi perfeita, pois falhou contra os deuses que tanto venerava. Assim, o líder de uma vila pequena, e quase oculta entre os quatro cantos do mundo, vive o começo da sua velhice.

Minhas impressões

Recebi a indicação desse livro do próprio autor que me contatou através da página do blog no Facebook. Ele me ofereceu uma cópia do livro para que eu pudesse ler e fazer a resenha, mas fiz questão de comprar o ebook, uma vez que o mesmo estava super barato na Amazon.

Abrindo um parenteses aqui. Se você tá apertado pra comprar aquele livro esse mês recomendo o site Cupom Válido. Nele você vai achar diversos cupons para as maiores lojas, incluindo claro, Amazon, Saraiva, Submarino, Wine (pois vinho combina com livros), etc. Então você não vai ter mais desculpa pra comprar livros =)

Voltando. O livro traz já na sinopse algumas questões que chamam atenção e mesmo a lista de livros sendo interminável, coloquei-o na frente. Por sorte não me arrependi.

Somos apresentados a um líder de um povoado pequeno chamado Keltoi, onde se vive uma vida simples, plantando e colhendo centeio. Esse povoado é liderado por um homem justo, chamado Yosef, que tenta ao máximo ajudar seu povo, mesmo se prejudicando e vivendo sem luxos.

…morte, ela que está à minha frente, ela que irá conhecer todos os homens e ela que assiste sem demonstrar tédio à minha história.

Porém, sempre tem um porém, o mundo nunca é justo. O mundo, onde Keltoi está inserida, é dominada por um império: Numitor. Todas as cidades dominadas por Numitor precisam pagar tributos e mesmo Keltoi sendo longe desse império, precisa dar as melhores sacas de centeio para um imperador ausente.

Por se tornar um império tão grande e vasto em culturas, o imperador exige que o império tenha somente um Deus. Isso começa a preocupar Yosef e outros povoados que adoram outros deuses. Como eles poderiam abandonar os Cinco do Ciclo que tanto os abençoaram, colheita após colheita?

Você sabe que em nenhum momento te aconselhei a se converter, a seguir o caminho mais fácil. Portanto, não exija de mim o avançar pelo caminho mais difícil.

É com essa dúvida que Yosef parte para a capital do império para pedir ajuda a seu povo.

Evitando contar alguma parte importante do livro, vou falar da experiência agora. Posso dizer de cara que fui surpreendido. Tempos atrás, quando eu era um leitor iniciante, jamais toparia ler 500 páginas de um autor “desconhecido”, mas por sorte hoje tenho um pouco mais de experiência. A escrita me surpreendeu, pois ela flui naturalmente. Você passa capítulos lendo sobre a beleza de Keltoi sem perceber e isso é um proeza. Mesmo sem ter reviravoltas à lá novelas mexicanas, o livro te puxa pra saber mais. Te deixa mais curioso pra ler logo os próximos livros da saga.

O autor é bem detalhista e demonstra com habilidade os pensamentos e sentimentos de Yosef.

Outro detalhe importante é sobre a trama. Como toda boa fantasia, esta é baseada em fatos históricos como o Império Romano na época de Constantino que liberou a adoração de qualquer deus e também Teodósio que instituiu a religião Cristã como obrigatória no império.

Para quem leu bastante sobre essa época, como eu, vai adorar o livro e suas variações entre fantasia e realidade. Até mesmo a política do senado está expressa na obra.

Enfim. Vale a pena a leitura. Não só pelo valor do livro, mas sim pela história e tudo que ela pode se tornar mais pra frente. Espero que o Elias consiga seguir com a história e nos presentear com uma bela saga =)

Eai já leu esse livro? Deixe seu comentário abaixo.

Até a próxima!

unsplash-logoNiilo Isotalo